Advogado: O mundo não vai esperar seu escritório se adaptar ao digital

Publicado em: Sem tempo para ler? Aperte o play abaixo e ouça o artigo!

Nos tempos atuais, ser um advogado digital é uma necessidade. Foi-se o tempo que adotar determinadas tecnologias era um diferencial no mercado. Hoje, quem não adota soluções automatizadas sequer consegue sobreviver na advocacia. Diante dessa nova realidade, líder e liderados devem acompanhar a transformação digital e mudar esse segmento conservador e industrial para o Direito 4.0.

Mas de onde parte a mudança? Algumas vezes começará pelo líder. No entanto, em alguns escritórios, parte dos liderados, que mostram ao líder as inovações. Fato é que, independentemente de onde venha, é preciso começar a mudança para se tornar um advogado digital. Quer saber como não deixar seu escritório parado no tempo? Confira!

Tenha um “educador” no escritório

Empresas que continuaram paradas no tempo, fazendo tudo do mesmo jeito, foram à falência. Você sabia que a Netflix foi fundada em 1997 e era uma locadora de filmes igual às outras, mas tinha o diferencial de entregar os filmes na casa dos clientes? Após um tempo, acompanhou as tendências e criou um sistema de assinaturas por meio do qual o cliente pagava um valor fixo mensalmente e podia pegar alguns títulos, ficando com eles até o fim do mês.

Sua principal concorrente era a Blockbuster, que teve em mãos a oportunidade de comprar a Netflix em 2000 por US$ 50 milhões, mas rejeitou. Hoje a Netflix está avaliada em US$ 32 bilhões, e a Blockbuster faliu. Certamente, a Blockbuster não contava com um educador para apontar as tendências e inovações que estavam surgindo e propor uma mudança na cultura organizacional.

E como isso se aplica à advocacia? Simples. Para se tornar um advogado digital, é preciso estar de olho em todas as soluções tecnológicas que podem ser aplicadas ao escritório de advocacia ou departamento jurídico. Ao ter conhecimento sobre elas, o educador será responsável por propor sua implementação e orientar os demais colaboradores sobre seu uso. Acompanhar tendências é o que possibilita ao educador a prever e a tomar decisões melhores e no tempo certo.

Desenvolva uma mentalidade inovadora

Tornar-se um advogado digital depende do desenvolvimento de uma mentalidade inovadora, capaz de transpor obstáculos que, aparentemente, não têm solução. Essa característica de resignação nem sempre nasce com a pessoa, mas pode ser desenvolvida ao longo do tempo com algumas técnicas simples, como:

  • Amplie seus horizontes: enxergue alternativas “fora da caixa”, abandonando a mentalidade industrial que faz com que nós pensemos em soluções apenas dentro do conhecimento que temos do mundo. Um grande insight para resolver um problema pode ser inspirado fora do ambiente de negócios, por exemplo.
  • Compartilhe ideias: compartilhar ideias com amigos, colegas de trabalho ou sócios é uma boa forma de entender o que você, de fato, está propondo. Às vezes, seu pensamento é genial, mas não é de fácil execução. Ao externá-lo, é possível receber sugestões e críticas que servem como um empurrão para seguir rumo à inovação.
  • Acredite no seu potencial: inovar depende de ousadia e coragem. Para isso, é preciso acreditar em si para dar o primeiro passo em busca de algo novo. Acreditar que uma nova proposta tecnológica para o escritório dará certo é fundamental, sempre se lembrando que o erro é parte da busca pela solução perfeita.

Um advogado digital desenvolve sua mentalidade inovadora para buscar soluções que contribuem para a agilidade e para o menor custo nas atividades.

Transforme o que puder em digital

Adaptar os serviços e as operações do escritório de advocacia para o ambiente digital se tornou uma necessidade, como pontuamos no início. Pense de forma mais ampla. Existe uma previsão de que o 5G chegará ao Brasil em 2020. Isso movimentará o mercado como um todo, porque a nova tecnologia permite um acesso à internet com velocidade 1Gb/s, uma navegação 50 vezes mais rápida do que a atual (4G).

Essa rede transformará a capacidade de qualquer negócio, assim como a forma que ele se comunica e opera. Se você deseja ser um advogado digital, deverá, cada vez mais, oferecer a suas equipes e aos clientes a possibilidade de usufruir desse ambiente de alta velocidade. Um bom exemplo é fornecer acesso exclusivo para o cliente acompanhar seus processos por meio do CPJ-Connect. O cliente pode instalar o aplicativo personalizado com o logotipo do seu escritório para acompanhar o andamento pelo smartphone, a qualquer hora e lugar, com uma conexão altíssima.

Da mesma forma, o acesso às funções automatizadas do seu software de gestão será quase instantâneo. Por isso, transforme tudo que puder em digital e se adapte ao novo mindset dos negócios.

Tenha um software de gestão para ser um advogado digital

Ter um software de gestão completo, como o CPJ-3C, é, sem dúvidas, um passo fundamental para se tornar um advogado digital. Com esse sistema, é possível automatizar tarefas burocráticas que tomam tempo de toda a equipe e do gestor. Assim, o escritório concentra as energias no que a tecnologia não é capaz de substituir, que é a estratégia. É o que podemos chamar de escritório inteligente.

Inclusive, especificamente neste ponto estratégico, um software completo oferece a funcionalidade de gerar relatórios personalizáveis que podem ser utilizados para diversos fins. Além disso, possui Business Intelligence, ferramenta exclusiva e de alto valor estratégico que cruza informações para dar uma visão completa e personalizada do que acontece no escritório de advocacia. O advogado digital, sem dúvida, toma as melhores decisões e pode alinhar as atividades da equipe, conseguindo resultados mais expressivos

Soma-se a este ponto estratégico os robôs de automação, funcionalidades tecnológicas que extraem informações gerenciais e se integram com outros softwares.

Para ser um advogado digital, é preciso mudar o mindset e a cultura do escritório de advocacia ou do departamento jurídico em direção às inovações. Ter um educador e desenvolver essa mentalidade é fundamental, além de migrar tudo para o ambiente digital e adotar um bom software de gestão.

Um escritório adaptado ao digital passa mais credibilidade, pois mostra que não ficou parado no tempo e que está em constante atualização para melhorar sempre.