Lawtechs: de que forma elas estão ajudando o mercado jurídico em 2021

Publicado em:

Sua preferência é ouvir ao invés de ler? Então aperte o play e consuma o conteúdo completo.

O trabalho das lawtechs no mercado jurídico se tornou ainda mais importante no contexto da pandemia. A tecnologia já estava inserida no Direito há algum tempo, mas não de uma forma tão profunda. Em 2020, vimos empresas de todos os segmentos se adaptando para o trabalho remoto. E esse movimento fez com que escritórios e departamentos jurídicos passassem a olhar para as soluções tecnológicas com mais carinho. 

As lawtechs e legaltechs despontaram no mercado devido à crescente demanda do público e dos advogados. A função dessas empresas é facilitar as rotinas da advocacia e dar mais eficiência. Nada mais justo vê-las “roubando a cena” em 2021.Se você ainda possui dúvidas sobre o que são lawtechs e legaltechs, confira aqui. 

Confira como essas empresas vêm ajudando o mercado em 2021! 

#Redução de custos e produtividade 

As ferramentas e os recursos criados por lawtechs e legaltechs podem otimizar a advocacia de forma completa. Isso significa que os advogados conseguem aperfeiçoar sua rotina, automatizando atividades e gerindo melhor o tempo. Além disso, conseguem se comunicar melhor e de maneira mais organizada. Em outras palavras, há um ganho enorme de produtividade em decorrência dessa otimização. 

Neste mesmo sentido, há a redução de custos. Profissionais mais produtivos conseguem realizar tarefas de forma mais eficiente. Com mais tempo livre, conseguem gerar mais lucro para o escritório. Ao mesmo tempo, conseguem fazer mais com menos recursos.  

No momento atual, em que o trabalho remoto ainda é regra, é uma vantagem muito relevante. 

A Preâmbulo Tech tem ajudado o mercado jurídico em 2021 a ter mais produtividade: 

Somos uma empresa de tecnologia que desenvolve soluções através de softwares de gestão nos escritórios de advocacia e departamentos jurídicos, nosso grande diferencial é a eficácia, pois é uma solução completa, com workflow, mobilidade, indicadores, agenda, módulo processual integrado ao financeiro, controladoria de prazos, GED, controle de correspondentes, BI, relatórios e muito mais. 

#Compreensão dos dados jurídicos 

A jurimetria e a inteligência artificial são duas propostas comuns das lawtechs e legaltechs no mercado jurídico em 2021. Essas inovações se utilizam de modelos estatísticos aplicados para a inteligência jurídica. 

Na prática, são soluções que fazem um grande levantamento de dados e, na sequência, uma análise profunda e direcionada. Com isso, os advogados passam a ter em mãos informações estratégicas para seu processo de tomada de decisões.  

Uma análise quantitativa e qualitativa de decisões proferidas por uma Turma de um determinado Tribunal, por exemplo, embasa a elaboração de uma apelação. Ou, ainda, dá ao advogado subsídios para explicar ao cliente o motivo pelo qual é mais interessante optar por um acordo ao invés de judicializar a questão. 

#Nova cultura corporativa 

A adoção “forçada” do home office e a inserção de tecnologias na advocacia nos últimos anos impulsiona a necessidade de uma nova cultura corporativa. E isso é bastante positivo para um mercado que, tradicionalmente, é conservador. As lawtechs e legaltechs são capazes de colocar o Direito na rota da inovação ao promover essa nova cultura. 

A ausência dessa cultura fez com que escritórios que já utilizavam ferramentas tecnológicas perdessem qualidade e produtividade na migração para o digital. No entanto, as soluções apresentadas pelas legaltechs contribuem para ter mais engajamento, comunicação eficiente, e assertividade no uso delas. 

Dessa forma, aos poucos, os escritórios e departamentos mudam sua cultura organizacional para utilizar, cada vez mais, essas soluções. 

As startups jurídicas têm como principal objetivo otimizar o fluxo de trabalho na advocacia. 

Se, há alguns anos, estranhamos a implementação do peticionamento eletrônico, que forçou todos os atores do mundo jurídico a se adaptarem à nova realidade, as lawtechs também provocam novas mudanças.  

Isso porque elas criam um espaço para que os profissionais unam o Direito às inovações tecnológicas. 

As lawtechs são, atualmente, responsáveis por manter um escritório competitivo no mercado. Elas oferecem soluções que contribuem para melhorar toda a rotina por meio da automação. É possível, por exemplo, contar com um software jurídico como o CPJ-3C para realizar o monitoramento processual automático ou organizar a agenda dos advogados, centralizar as informações e utilizá-las nas decisões estratégicas

Startups jurídicas já desempenham um papel importante no mercado jurídico em 2021. Com o tempo, elas estarão ainda mais inseridas no cotidiano de negócios e pessoas, contribuindo para um ambiente mais produtivo e amigável. 

Você já reparou como as soluções tecnológicas fazem parte de sua rotina? 

Por isso, desenvolvemos um e-book para você transformar seu escritório digitalmente, que será essencial no crescimento do seu negócio. CLIQUE ABAIXO PARA ADQUIRIR SEU E-BOOK GRATUITO.

E-book Gratuito
[E-BOOK GRATUITO]
Please follow and like us: