Como facilitar a gestão de pessoas com um software jurídico

Publicado em:

Controlar prazos e tarefas, estabelecer um bom fluxo de trabalho, gerir os compromissos de cada profissional. Todas essas funções fazem parte de uma boa gestão de pessoas em um escritório de advocacia. Porém, quando o negócio é grande, isso pode ser bastante difícil sem o auxílio de um software jurídico. Veja como essa solução tecnológica pode ajudar na gestão de pessoas!

Organizar o fluxo de trabalho

Em um grande escritório de advocacia, o fluxo de trabalho é intenso. São vários profissionais envolvidos em um único processo produtivo, e as tarefas de uma etapa interferem diretamente na seguinte. É preciso, por isso, ter bastante organização para facilitar a gestão de pessoas neste fluxo.

Com a automação do controle e do fluxo de tarefas por meio de um software jurídico, o gestor consegue entender e visualizar com clareza todas as etapas, integrar os setores, identificar facilmente os erros que podem prejudicar o andamento dos trabalhos, repará-los e otimizar as atividades das equipes.

Em suma, quando o software jurídico automatiza o fluxo de tarefas, promove agilidade e eficiência no trabalho, e integra as etapas e as equipes, conferindo organização à gestão do negócio e melhorando a gestão de pessoas. Ao organizar o fluxo de trabalho (caminho pelo qual as demandas passam), melhora-se a qualidade do serviço e aumenta-se a produtividade.

Verificar a produtividade da equipe

O trabalho na advocacia, quando bem distribuído, é otimizado. Porém, não é raro o advogado gestor ou sócio se deparar com um profissional cheio de demandas, enquanto outro está com tempo livre. Esse erro de atribuição de tarefas é um erro na gestão de pessoas que interfere diretamente na produtividade, mas pode ser corrigido com a organização do fluxo de trabalho, como mencionado anteriormente.

Quando o profissional sabe exatamente sua função dentro do escritório, consegue realizar suas tarefas dentro da expectativa esperada. A automação por meio de software jurídico facilita a gestão de pessoas a partir do método e da organização. Por isso, é uma grande aliada da produtividade ao otimizar todas as atividades dos profissionais do escritório de advocacia e estabelecer um método de trabalho.

Com ele, é possível ter mais controle sobre o trabalho de cada profissional, e esse controle diz respeito a delegar atividades aos profissionais corretos, delimitar prazos e outras tarefas. Em outras palavras, com a automação do software, é possível ficar de olho na produtividade da equipe, fazendo com que ela não perca tempo com o que não deve.

Controlar acesso

Qualquer negócio, inclusive os escritórios de advocacia, sabem que a informação é um ativo estratégico muito relevante (se não for o mais importante). É fundamental lembrar que sua segurança deve ser prioridade para os negócios que lidam com dados estratégicos e sigilosos. Por isso, nem todos os profissionais podem ter acesso irrestrito aos dados empresariais. E estabelecer limites faz parte da gestão de pessoas.

Quando se trabalha com a tecnologia e suas ferramentas, como os softwares jurídicos, é possível selecionar perfis que terão acesso a determinadas funções do sistema. Em outras palavras, essa solução é responsável pela boa gestão de dados provenientes de cada etapa do fluxo de tarefas.

Realizar uma boa gestão de pessoas é fundamental para o sucesso do escritório. Uma gestão eficiente e produtiva depende do mapeamento e do controle de todos os processos de trabalho, o que pode ser feito por meio das ferramentas tecnológicas.

Felizmente, é possível facilitar a gestão de pessoas com um único software jurídico: o CPJ-3C. Ele é capaz de propiciar ao gesto a organização do fluxo de trabalho, a verificação da produtividade da equipe e o controle de acesso. Assim, trabalha junto com o gestor para garantir o melhor desempenho das equipes.

Conheça já as funções do CPJ-3C!