Performance no escritório de advocacia. Qual o seu modo?

Publicado em: Sem tempo para ler? Aperte o play abaixo e ouça o artigo!


Apresentar boa performance no escritório de advocacia pode abrir muitas portas ao profissional. Além de contribuir diretamente para os resultados positivos do negócio, o advogado ou o gestor passa a ser visto como alguém de maior relevância. Isso pode ocasionar uma boa progressão na carreira, inclusive.

Para tanto, é preciso ter clareza do modo dessa performance. Basta estar ocupado para que o profissional apresente bons resultados? Nem sempre. Veja alguns pontos sobre o assunto e avalie qual o seu modo de trabalho no escritório!

Como está sua performance no escritório de advocacia?

A performance no escritório de advocacia pode ser avaliada por meio de algumas perguntas. Elas envolvem saber como estão as entregas das tarefas e qual o impacto delas no fluxo de trabalho. Nem sempre um advogado que passa inúmeras horas no escritório (ou seja, é bastante ocupado) apresenta um trabalho produtivo ou que seja relevante.

Então, é preciso pensar se esse modo de trabalho ocupado te dá alta performance e como ela pode ser avaliada.

Ocupado x produtivo

Existe um padrão de comportamento nos ambientes de trabalho em que o importante é parecer ocupado. É comum vermos, em alguns locais, profissionais que passam horas e horas trabalhando, inclusive excedendo a jornada de trabalho. Até que ponto esse modelo de performance no escritório de advocacia é correto?

O ponto central da questão é entender que muitos profissionais se ocupam por horas apenas para cumprir uma carga horária. O que ocorre, na verdade, é inúmeros processos inúteis e controles sem necessidade que são criados para justificar a existência daquela estrutura de trabalho. Ou seja, existe uma desculpa para preencher as horas, e não para otimizar os resultados.

Diante dessa realidade, é mais claro entender que, nem sempre, um profissional ocupado é sinônimo de produtividade. Há uma valorização do esforço, mas não do resultado alcançado. E o profissional que se encontra neste modo de performance acredita que tem segurança e estabilidade, gerando acomodação. No entanto, realizar tarefas sem qualquer sentido ou valor para o negócio e para a sociedade pode ter um alto custo para a saúde física e mental dos profissionais.

Na hora de avaliar a performance no escritório de advocacia, tenha sempre em mente se os profissionais são orientados a resultados e à geração de valor na hora que realizam processos e tarefas. Em outras palavras, analise se existe produtividade, e não uma mera ocupação.

Como aumentar a performance no escritório de advocacia?

A performance no escritório de advocacia pode ser melhor quando se têm profissionais mais produtivos, e não somente ocupados. Existem inúmeras práticas para isso, mas destacamos especialmente o timesheet e o uso de software jurídico.

Timesheet

Timesheet é uma ferramenta de gestão do tempo. Ainda existem escritórios de advocacia e departamentos jurídicos que realizam essa gestão de forma primitiva, o que compromete bastante a performance. Administrar horas de trabalho já é uma tarefa complexa dentro da organização da rotina. Quando ela é bem feita, garante o cumprimento de prazos e de todas as atividades necessárias do negócio.

Já pensou o trabalho que dá coordenar as equipes, fazer reuniões, e realizar a ponte entre setores? A delegação de tarefas aos responsáveis deve ser feita conforme as horas trabalhadas, mas de forma otimizada, com auxílio da tecnologia preferencialmente. Assim, é possível afastar a ideia da ocupação pura, que não traz produtividade, já que tais soluções afastam as tarefas burocráticas.

O timesheet desempenhar muitos papéis importantes na gestão do tempo, contribuindo para que os profissionais sejam produtivos. Ele faz o gerenciamento de horas trabalhadas por cliente ou por advogado, por meio de um controle centralizado das horas. Todos os dados sobre o tempo de trabalho, compromissos e gerenciamento de agenda ficam disponíveis em um mesmo ambiente.

Isso faz com que os processos sejam executados de forma mais rápida. O gestor consegue otimizar o tempo de sua equipe ao analisar os dados sobre as horas trabalhadas e, a partir disso, concentrar esforços no que demanda mais atenção. Uma equipe mais ágil e produtiva oferece melhores resultados.

Essa ferramenta está presente em bons softwares jurídicos, como o CPJ-3C, que permite acompanhar a produtividade e analisar a performance no escritório de advocacia por meio do CPJ-analytics.

Timesheet e performance no escritório de advocacia

O timesheet possui três abordagens que influenciam na performance no escritório de advocacia: a avaliação do tempo investido, a melhoria do planejamento e a mensuração dos custos.

Quanto à avaliação do tempo, o gestor deve ter em mente a capacidade de mensurar o esforço investido nas demandas por meio do controle do tempo. Quantas horas foram necessárias para concluir determinada tarefa? Alguma delas levou mais tempo do que o esperado? Algum profissional ou equipe teve que trabalhar mais horas, se comparado a outros? As respostas a essas perguntas dão ao gestor subsídios para entender como ser mais produtivo e melhorar a performance no escritório de advocacia.

No mesmo sentido, é esse controle de horas que possibilita aperfeiçoar o planejamento e qualificar melhor o tempo da equipe. Se existem atividades mais burocráticas que demandam muito tempo, mas trazem um retorno abaixo do esperado, é preciso avaliar se elas podem ser eliminadas. É também essa gestão do tempo que possibilita enxergar gargalos na equipe, evitando atrasos e imprevistos.

Por fim, quanto à mensuração dos custos, ela não interfere diretamente na performance no escritório de advocacia. No entanto, avaliar os custos de cada projeto contribui para precificar os serviços, o que impacta nos resultados financeiros do negócio.

Software jurídico

O software jurídico é uma das ferramentas mais utilizadas nos escritórios. Ele contribui para toda a gestão do negócio, desde o âmbito administrativo até o operacional (que é a prestação de serviços jurídicos em si).

Como falamos anteriormente, a gestão do tempo é o ponto-chave para a performance no escritório de advocacia, pois torna os profissionais mais produtivos. Com o software, o gestor consegue lidar com a falta de organização, que é um dos maiores vilões dessa gestão. Pessoas sem tempo para nada não possuem método. Mas, com organização da rotina, é possível entender onde estão os gargalos no fluxo de trabalho, aumentando a produtividade.

A função de um bom software, como o CPJ-3C, é ser uma ferramenta de alto valor estratégico, reunindo funcionalidades como o timesheet, o Business Intelligence (cruza informações e dá uma visão completa do escritório de advocacia) e os indicadores, que alinham as atividades da equipe, fazendo aumentar a performance no escritório de advocacia.

Para conseguir mais resultados, o gestor deve pensar em formas de aumentar a performance no escritório de advocacia. Com ferramentas úteis para uma boa gestão do tempo, isso é possível!