fbpx

Blog

O que é ter um Software Jurídico Parametrizável

Publicado em:

Sem tempo para ler? Aperte o play abaixo e ouça o artigo!

Contar com um Software Jurídico Parametrizável é um privilégio que alguns escritórios de advocacia inovadores e departamentos jurídicos possuem. Muitos gestores encontram dificuldades em mudar o mindset do escritório na hora de adotar a tecnologia. Um dos argumentos dos profissionais mais resistentes é que existem ferramentas que mais atrapalham do que ajudam, porque não são adequadas às necessidades do negócio.

Esse argumento cai por terra com a presença de um Software Jurídico Parametrizável.

O que é parametrização?

Parametrização é o processo de decidir e definir parâmetros necessários para uma especificação relevante. Em alguns casos, é identificar certos parâmetros ou variáveis. Como assim? Imagine o modelo de uma turbina eólica. A ideia é a eficiência na geração de energia. Seus parâmetros devem incluir o número, comprimento e passo entre as lâminas.

E quando pensamentos em Software Jurídico Parametrizável?

Software Jurídico Parametrizável

Um Software Jurídico Parametrizável é aquele que pode ser adaptável para atender, da melhor forma possível, determinada necessidade. Parametrização, neste caso, seria definir parâmetros de processamento do sistema para que ele atenda à real necessidade do usuário. Teríamos, então, a solução mais completa possível.

Como ter um Software Jurídico Parametrizável?

O gestor quer adequar toda a tecnologia à sua realidade. Ele já utiliza algumas ferramentas e um software jurídico. Mas entende que o sistema não está tão ajustável ao escritório de advocacia. Em um evento, escuta falar sobre Software Jurídico Parametrizável e acredita que é uma boa opção. Começa a procurar fornecedores e imediatamente, sem qualquer análise, contrata um sistema qualquer.

Essa situação, apesar de comum, é um grande erro. Para ter um Software Jurídico Parametrizável, é preciso seguir duas regras básicas: conhecer bem o escritório e dedicar tempo para implementação.

Conhecer bem o escritório

Soluções eficiente não podem ser criadas se o gestor não transmitir um profundo conhecimento sobre seu negócio. Isso envolve conhecer os problemas, a jornada, o funcionamento do escritório, suas necessidades, as pessoas envolvidas e as funções que elas desempenham. Em uma metáfora simples, para não ficar perdido dentro da casa ao organizá-la, é preciso saber a lógica e ter um fluxograma.

Ao conhecer o escritório, ele saberá ter um Software Jurídico Parametrizável que realmente fará a diferença na gestão.

Dedicar tempo para implementação

Ter um Software Jurídico Parametrizável é uma medida adotada para solucionar problemas, e não para gerar mais situações desagradáveis. Para que o sistema realmente traga benefícios, sendo um apoio para o trabalho fluir, é preciso dedicar um tempo para sua implementação, que pode ser a virada de chave no escritório.

Para que se implemente um Software Jurídico Parametrizável, é preciso fazer um levantamento de dados para constatar o que é feito naquele local (escritório de advocacia ou departamento jurídico), como é feito e para onde vão os dados processados. É, basicamente, pensar nas entradas, no processamento e nas saídas dos setores da empresa ou escritório.

O levantamento de dados é a fase mais trabalhosa na implementação do Software Jurídico Parametrizável, o que pode causar certa resistência por parte de alguns profissionais. Por esse motivo, é preciso tomar alguns cuidados para evitar mudanças desnecessárias de processos, pessoas e equipamentos. Isso pode causar, inclusive, novos custos.

Após a implementação, é importante que a parametrização feita seja sistematicamente revista e atualizada. Assim, ela se adequa à evolução do ambiente, e o sistema trabalha sempre de acordo com as necessidades daquele negócio. Isso é fundamental para que se tome decisões gerenciais assertivas e fundamentadas, inclusive.

Com a possibilidade de parametrização e uma boa implementação, as chances de o software ser um problema são irrisórias.

Quais os benefícios de se ter um Software Jurídico Parametrizável?

Uma boa implementação do Software Jurídico Parametrizável pode trazer muitos benefícios para o escritório. A primeira delas é a organização do negócio. Imagine que você precise de um campo diferente no cadastro de pessoas, processo ou nas funcionalidades de gestão financeira. Com o Software Jurídico Parametrizável, isso é possível. Ele dará a opção de criar esses campos, adicionar formatos e outros pontos.

Outro benefício é o controle e a transparência. O software consegue dar maior visibilidade ao gestor sobre o que acontece no escritório. Com relatórios mais adequados, ele pode utilizar as informações para tomar decisões mais assertivas. No software CPJ-3C, por exemplo, é possível ajustar os relatórios.

Duas grandes vantagens do Software Jurídico Parametrizável que se relacionam é praticidade e produtividade. É possível ter um fluxo de trabalho de acordo com a realidade do escritório, e ele segue automatizado com o workflow. E isso contribui para que o gestor e os profissionais do escritório saibam sobre o andamento das atividades, seus responsáveis, os prazos, e as demandas de cada etapa. Esse controle sobre o fluxo aumenta a performance e a produtividade.

Inclusive, esses softwares podem utilizar robôs de automação que dão continuidade ao trabalho. No software jurídico CPJ-3C, existem robôs que abrem ficha, importam, classificam publicações e fazem outras atividades burocráticas. E ainda é possível criar novos robôs de acordo com a demanda do cliente. Em outras palavras, a tecnologia do Software Jurídico Parametrizável assume as atividades que tomariam tempo desnecessários dos profissionais do escritório.

Ter um Software Jurídico Parametrizável é a solução de muitos problemas de gestão em um escritório de advocacia. Quando essa ferramenta está em contínua atualização, o gestor consegue usufruir de benefícios de forma otimizada. É o caso do CPJ-3C, um software parametrizável que atende às demandas. Se há necessidade de consulta mobile, tem CPJ-Connect. Se é necessário ter Business Intelligence, existe o CPJ-Analytics.

Um bom software busca entender a realidade do advogado para entregar um benefício real. Isso é inovação. Conheça como o CPJ-3C se destaca em ser um Software Jurídico Parametrizável!

Posts relacionados

Conheça o CPJ-Cobrança!

Postado em: