[Case de sucesso] Gestão com Workflow – O que muda? FENALAW 2021

Publicado em:

Preâmbulo Tech apresentou case de “Gestão com Workflow: o que muda?” no 2º dia da Fenalaw 2021, em parceria com a Rücker Curi Advocacia e Consultoria Jurídica

Entre os dias 02 e 06 de agosto, o universo jurídico teve a oportunidade de participar do maior evento do segmento, no formato remoto. A Fenalaw Digital Week, teve 15 salas de conteúdos e mais de 200 palestrantes de gabaritoA Preâmbulo Tech foi uma das patrocinadoras da Fenalaw 2021, foi recém certificada pela GPTW – Great Place To Work.

case repercute para o público os benefícios da implementação do workflow através do software CPJ-3C nos escritórios de advocacia e departamentos jurídicos das organizações, referentes à gestão de alta performance e inovação na operação.

O CPJ-3C atua no fluxo de trabalho, com uma sequência de ações e passos necessários para automatizar processos, de acordo com um conjunto de regras definidas pelo escritório, permitindo que sejam transmitidas entre o time, ainda é novidade para muitas empresas e escritórios.

Entre os benefícios do workflow estão:  

  • Otimização de rotinas
  • Fluxos e procedimentos

Além disso, alguns relatos de escritórios mostram que, após a implementação, tiveram um aumento na produtividade na ordem de 30%. É o caso do Rücker Curi Advocacia e Consultoria Jurídicaque observou e quantificou avanços em relação à assertividade, produtividade, qualidade e redução de custos.

Identificamos aumento de qualidade no cumprimento de cada ato processual ou extrajudicial e gestão do aumento de receitas, com atuação direta dos próprios advogados, e não apenas da diretoria do escritório. Mais importante que redução de custos é que há redução do risco, e é isso que o workflow proporciona. Conseguimos identificar avanço na gestão de informação, maior produtividade e, principalmente, qualidade na prestação de serviço”, afirma Izabela Rücker Curi.

Você também pode assistir o case da fenalaw 2021 em nosso canal do YoutubeGestão com Workflow: O que muda? assistir aqui

Em conjunto com Andreia Andreatta, diretora Comercial e de Marketing da Preâmbulo Tech, a Dra. Izabela Rücker Curi apresentou como foi a transição para gerenciamento de processos de negócio com workflow do CPJ-3C que processa esses fluxos. “O workflow analisa o fluxo, decide para quem deve ser entregue a próxima tarefa, e minimizada a necessidade de treinamento sobre as particularidades de cada carteira. Já os gestores, passam a assumir uma posição mais ativa no monitoramento da operação, através de indicadores, propondo melhorias contínuas. Isso significa enxergar os processos operacionais de forma holística e compreender que o resultado é fruto do engajamento entre diversos departamentos da organização, com o objetivo de gerar valor para o escritório e para o cliente e promover uma experiência positiva”, ressalta a advogada.

Andreia Andreatta acrescenta que o workflow requer dedicação e, em conjunto com os usuários, a definição do fluxo ideal da operação. “Um ponto positivo é que a ferramenta programa as condições dos próximos lançamentos de forma automática compondo a operação, garantindo que o processo não fique engessado, gerando um aprofundamento nos métodos de organização da estrutura do escritório, como um todo”, emenda a diretora.

Desde a sua fundação, em 2016, o Rücker Curi já tinha em seu DNA a gestão de processo operacional de forma automatizada, por meio de manuais e procedimentos operacionais padrões para os advogados, em todas as equipes e o financeiro. A automação de fluxos passou a ser uma realidade com o implemento dos workflows no CPJ-3C.

Além dos benefícios operacionais do processo, o Rücker Curi observou que é possível criar opções de redução de custos para o cliente final. Os advogados responsáveis por análise dos processos sob o ponto de vista de viabilização de acordos estão mais focados em definir estratégias de economia para o cliente. “Com a implementação do workflow endereçado pelo CPJ-3C, nossa controladoria passou a ter tempo para focar sua atuação na auditoria interna, estudo e análise das alterações de entendimento dos Tribunais em questões processuais, não precisando mais cumprir tarefas repetitivas que podem ser automatizadas.

Um dos principais benefícios que identificamos na utilização do workflow foi o de retirar dos advogados que analisam processos, elaboram peças processuais e pareceres e definem estratégias, das atividades repetitivas e padrão.

Cada profissional está focado e dedicado no que é de sua responsabilidade principal, ou seja, teses, análise dos subsídios, aceleração do processo, acompanhamento de perícias, orientações, estudos, pesquisas, memoriais, sustentações orais e jurisprudências”, finaliza.

E o seu escritório, se identifica com esses acontecimentos que o escritório Rücker Curi conseguiu solucionar?

Please follow and like us: